Estado de trevas

Seja muito bem vindo ao meu blog, pois por aqui você vai encontrar além dos poemas de minha autoria, alguns curtas, imagens lindas de arte grotesca e arte horror tudo sempre voltado para o mundo obscuro. Fique a vontade para comentar nas postagens, dando opiniões, elogios ou até mesmo deixando contatos. Caso queima me achar facilmente no Facebook digite apenas: *Du Olliver* no campo pesquise pessoas do mesmo. Anseio que apreciem!




























sexta-feira, 10 de junho de 2011

Egoísmo


Em um momento eu tinha todo amor que eu precisava para alimentar minha alma
eu me sentia o ser de luz mais elevado do universo
em um momento da vida eu tive o prazer de esperimentar as mais belas sensações
que um amor sincero pode oferecer
mas por parte do meu egoísmo, eu pesei que meu coração precisava de algo mais
e eu puz tudo á perder

Eu sei não entreguei meu coração da forma como você merecia
quando você me abraçava eu podia sentir toda a sua energia
isso era tão forte, significava tanto mas...
eu pensei que precisava de algo mais
e esse meu egoísmo me tornou hoje o que eu sou... vazio!

Pedindo perdão eu estou
por não ter correspondido ao imenso e maravlhoso sentimento que me foi oferecido
o teu perdão eu pesso
eu realmente desejo que você perdoe meu egoísmo
eu pensei que me faltava algo mas agora
eu percebo quanto realizado eu estava
agora estou só

Nunca esqueço seu perfume
lembro de você a todo momento
e onde quer que eu vá, levo comigo as palavras que me dizia
que tão bem me faziam
desejando que continuasse a fazer...
em minhas memórias você existe
lá é onde eu conservo sua lembrança
fecho meus ólhos e te vejo la nitidamente
mas ja não posso te tocar nem sentir seu calor
nem mesmo o som da sua voz eu ouço mais

Eu sei, eu não fui bom amante e não estava por perto quando você sentiu minha falta
poderia te pedir que volte para reacender- mos a nossa chama
que nunca devia ter se apagado
e egoísta novamente eu seria em pedir

Pedindo perdão eu estou
por todo mau que causei ao seu coração tão belo
me confiu seu amor e eu por minha vez não soube retribuir
o teu perdão eu pesso
na tentativa desesperada de amenizar meu sofrimento, minha culpa
nessa imensidão vazia que a falta do seu amor me faz
seria tremendo egoísmo pedir que volte agora que estou só.

4 comentários:

  1. o egoísmo muitas vezes nos leva no vazio mesmo.
    Bom fim de semana!

    http://artegrotesca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. paguei caro por isso, mas a vida continua =/

      Excluir
  2. Adorei seus poemas.
    Palmas!!!!
    Muitas palmas!!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado que bom que gostou, fico feliz =D

      Excluir